Sarandi, Carolina e Atlético Povo Novo estão na final do Citadino de Futsal

Facebook
Twitter
WhatsApp

A semana mais decisiva da temporada no Citadino de Futsal 2022 foi iniciada neste domingo com os primeiros três jogos de volta da semifinal. Em disputa as primeiras vagas na final do dia 28 de agosto nas categorias Sub 13, Sub 18 e Série Prata. Diante do maior público já presente no ginásio no ano, Sarandi, Carolina e Povo Novo confirmaram a passagem para a grande final. Na Sub 13, Sub 18 e Série Prata.

Sub 13

Vencedor do primeiro confronto o Sarandi não alterou a postura em relação ao Vaimaca, sobre o qual pesava sob a necessidade de vencer. O Sarandi tentou manter a marcação forte e atacar o adversário. As coisas ficaram melhores quando Gregório converteu a primeira falta e fez 1 X 0, Sarandi. O Vaimaca reagiu forte com uma bola na trave e pressão na quadra adversária. Até que o pequeno Juan Bautista acertou um belo chute de esquerda e empatou o jogo. O Sarandi, porém, novamente fez uso da bola parada. Num pênalti praticado pelo goleiro do Vaimaca, Luis Felipe converteu. Angel, batendo cruzado fez o terceiro e o Sarandi viu sua vantagem aumentar antes do intervalo. Na etapa final o Vaimaca tentou uma pressão inicial, mas numa escapada pela direita Angel ampliou para o Sarandi, 4 X 1. O Vaimaca era aplicado, mas o Sarandi era mais efetivo e Felipe, dentro da área, fez o quinto gol da equipe. A 3min do final, com o Vaimaca já sem forças para reagir, Angel fez o sexto gol do Sarandi, Juan Andrés descontou nas a vitória e a vaga na final já eram do Sarandi.

Sub 18

As emoções continuaram e ainda mais intensas com a decisão da Sub 18. Carolina, vencedor do primeiro jogo, e La Barca fizeram um jogaço. O La Barca tentou a pressão inicial, mas o Carolina marcou forte, mas também jogou. O pouco espaço para jogar com a bola precisava se criado, tamanha a marcação no jogador da bola. E foi o que fez Lucas Dias, do Carolina. Ele arrancou da sua quadra e só parou dentro do gol, 1 X 0 Carolina. O La Barca tentava construir, mas com o meio da quadra congestionado, a equipe não conseguia chegar ao gol. Restou os lados da quadra, mas quando chegou parou no goleiro Gabriel. Até quer Nicolas foi para a quadra e arriscou do meio da quadra, empatando o jogo. Pouco depois o próprio Nicolas teve a chance da virada num tiro livre e não deu outra, 2 X1, La Barca.Mas o Carolina tinha Davi e o camisa 10 construiu toda a jogada e empatou o jogo, 2 X 2. O La Barca pela primeira vez envolveu a marcação do Carolina e com toque rápido chegou ao 3 X 2, com Guilherme. A pressão na saída de bola, porém, levou o Carolina recuperar a bola e Eduardo Ortiz empatou o jogo pela terceira vez. Os times voltaram do intervalo jogando da mesma forma. Guilherme num chute cruzado fez o 4 X 3, La Barca mas um desvio de cabeça levou David a fazer o terceiro gol dele e empatar novamente para o Carolina. O jogo seguiu cada vez mais franco com uma chance atrás da outra e bolas na trave, defesas dos goleiros. Até que Lucas pegou o rebote do goleiro e recolocou o Carolina na frente, 5 X 4. O La Barca tinha que fazer dois gols e aumentou a pressão mesmo correndo todos os riscos. Mas Gabriel fechou o gol e quando a bola passava, explodia na trave. Somente a 31seg do final Lucas Matheus marcou o gol de empate. Ainda faltava mais um gol mas o La Barca perdeu a corrida para o cronometro e o Carolina se garantiu na final.

Prata

Fechando a noite de decisões se definiu o primeiro finalista da Série Prata. Precisando vencer o PSG foi para cima do Povo Novo e até abriu o placar com Jonathan. Mas depois disso só deu Povo Novo. O goleiro Gabriel empatou e o pivô Morel se encarregou de levar a equipe para a vantagem. Ele deu o passe para Fabrício virar o placar para 2 X 1 e o próprio Morel fez o terceiro e quarto gol. Jonathan descontou de novo, mas Morel fez o quinto. Jeferson ainda marcou mais um e Allif fechou o primeiro tempo em 7 X 3, já que Anderson Sosa fez o terceiro do PSG. Na etapa final o PSG até esboçou uma reação com dois gols, com Leandro e Sosa, tirando a diferença para 7 X 5. Mas Dener marcou o oitavo gol do Povo Novo e acabou com a reação do adversário. Allif se encarregou de marcar mais três e ampliar para 11 X 5. Juan Gabriel ainda descontou para 11 X 7. De pênalti, Jonathan fez o 11 X 8, mas o Atlético Povo confirmou a nova vitória e garantiu o selo de finalista da Série Prata. Os outros três finalistas serão conhecidos na terça-feira. A Arena Eventos e Fundação Arena, tem os patrocínios de, CFC Santanense, Movilcor, Delivery Much. C.C. Corretora de Seguros, Óticas Ricardo, Postos Larratea e Larratea Pet, Uniagro e Erva Mate Charme.

Facebook
Twitter
WhatsApp