CFL RETRO SUB 15: 2016 começa a hegemonia do Carolina na base

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Foi em 2016 que surgiu o grande papa títulos da categoria Sub 15. A SDR Carolina passou a consolidar seu trabalho com a base com uma geração de atletas que dominou duas categorias ao longo das últimas edições do Citadino. Mas não foi fácil chegar a esta condição. Em 2016 quem dominava a categoria Sub 15 era o Zenit. A equipe do técnico Fábio Silva havia passado invicta pelas fases anteriores, perdendo apenas dois pontos ao empatar com o Caxias. O Zenit venceu o Nacional, Ser Brasil e Deportivo, a quem também venceu na semifinal. O Carolina, porem fez campanha semelhante com empate com o Nacional, goleada sobre o Caxias e vitórias sobre Deportivo e Ser Brasil. Nas quartas o Carolina passou pelo Morena Tropicana e na semi venceu um jogo e empatou outro com o Nacional. No dia 29 de julho daquele ano as duas equipes invictas se encontraram na final. O Carolina fez duas decisões naquela noiteno ginásio do Irajá e a final da Sub 15 foi a primeira delas. O técnico Rogério Bravo colocou o time no ataque e não demorou para Andi a abrir o placar. O atual campeão, porém, reagiu e empatou o jogo com Juca e logo virou para 2 x 1 com Zé Pedro após assistência de Rafinha. Foi a vez do Carolina correr atrás e Eduardo empatou a decisão em 2 x 2., fechando as emoções do primeiro tempo. Na etapa final já começou com gols e Juca marcou o terceiro gol do Zenit. O Carolina promoveu nova virada e com dois gols de Didico chegou aos 4 x 3. O Zenit aumentou a pressão e a poucos minutos do final da partida empatou a decisão em 4 x 4 com Zé Pedro. A final se estendeu então para o tempo extra.

Prorrogação: Mais organizado defensivamente o Carolina começou melhor e na assistência de Andy, o goleador Didico fez o 1 x 0, placar do primeiro tempo. No segundo tempo o Zenit se viu obrigado a adiantar o time e pressionar, mas se expos a velocidade de Andi pelos lados da quadra. Na primeira chance o ala marcou o 2 x 0, Carolina. O Zenit viu a chances de reação se esgotaram com a expulsão de Pedro Henrique, por falta forte. Com a vantagem numérica e no placar o Carolina  ainda marcou o terceiro gol com Andi e com 3 x 0 no placar iniciou a sua hegemonia na base do futsal santanense com uma geração de jogadores como Didico, Andi,  Adrian, Guilherme e  Zidane, que continuaram brilhando pelo clube na Sub 15 e Sub 18.

Carolina 4 (3) : Leo, Gabriel, Yago, Emersom, Didão, Guilherme(Bebeça) e Pedro Kaiã, Zidane, Leozinho, Wiliam, Andi e Didico, Técnico Carlos Rogerio

Zenit 4 (0): Tallis, Rafael Marfetan, Victor Silveira, Fabricio, Luiz Turnes, Willian Rafinha, Pedro Henrique, Zé Pedro, Juca,

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp